Técnicas para cagar e não ser notado

técnicas para cagar

Por Arquivo

Compartilhe com os migos!

Uma das situações mais embaraçosas que existe é ter que – digamos – defecar em ambientes desconhecidos com a presença de pessoas que não estamos habituados. Você nunca sabe se a obra de arte será uma daquelas que se aprecia silenciosamente ou se o resultado final terá direito a efeitos audiovisuais e pirotecnia fecal. Para contornar esse problema, precisamos aplicar algumas técnicas para cagar e não ser notado.

Convenhamos: nesse momento, o que você menos quer é chamar a atenção. Infelizmente não podemos controlar os elementos químicos presentes na flora intestinal e no sistema digestório, estando fora de nosso alcance calcular o nível de ameaça química envolvida em uma simples ida ao banheiro.

Como sou um cara vivido, ao longo dos anos desenvolvi algumas técnicas para cagar que podem ser aplicadas em algumas situações de perigo como as citadas acima.

Técnicas para cagar

Não tenho pudores em assumir que vou ao banheiro sem o menor problema em determinados locais: casa de parentes, casa de amigos, na minha própria casa com amigos ou parentes e, depois de certo tempo, no trabalho.

Porém, quando se trata de um ambiente em que você conhece as pessoas, mas não tem a menor intimidade com elas (e não digo qualquer tipo de intimidade, mas aquela em que elas já estão habituadas com o potencial tóxico-fecal de uma ida sua ao banheiro), a história muda completamente.

Pensando em contornar essas desagradáveis situações, elaborei um pequeno guia de ações táticas para mascarar uma ida ao banheiro. Vamos transformar aquela diarreia assassina em uma simples mijada um pouco mais demorada.

Leia um Ensaio sobre a Dirreia

Pegue a sua máscara de proteção química, sente-se confortavelmente e me acompanhe nessa malcheirosa jornada rumo às mais fétidas desculpas!

Banho demorado

técnicas para cagar banho demorado

Posso afirmar, com 100% de certeza, que a maioria dos casos de desconforto ao ir ao banheiro se deve à presença da namorada ou qualquer outra gatinha no mesmo ambiente que você.

Confira algumas situações constrangedoras com namorada

Se estiver em casa então, qualquer ida ao banheiro um pouco mais demorada pode prejudicar qualquer chance que você tenha de, talvez, fornicar ao final do dia.

Uma das desculpas mais funcionais, nesse caso, para despejar todos os resíduos daquela feijoada de domingo, é a do banho demorado.

Se o dia estiver fazendo calor, o banho foi demorado porque você estava se refrescando na água fria.

Se o clima estiver frio, você estava se aquecendo embaixo do chuveiro. De qualquer forma, você ganha.

Mas a gatinha em questão não precisa saber o que você estava fazendo de verdade.

A dica é a seguinte: vá realmente tomar o seu banho. Porém, ligue o chuveiro e aproveite os minutos iniciais para despejar tudo o que estava acumulado no seu intestino grosso.

Não é uma estratégia baseada na sustentabilidade, mas é melhor desperdiçar água para não perder uma foda.

Se notar que o cheiro está um pouco pior do que parece, não hesite em despejar Bom Ar ou algumas gotinhas de um perfume. Para todos os casos, é apenas o esgoto lá fora que está soltando o “fedor”.

Ao final do procedimento, você estará livre de fezes, com banho tomado, cheiroso e pronto para oferecer todo o seu amor para a gatinha.

 

Múltiplas descargas

técnicas para cagar descarga

Essa estratégia pode ser utilizada quando você já tem alguma intimidade com as pessoas do ambiente, a ponto de ir ao banheiro satisfazer a maior das necessidades. Porém, ainda fica um pouco acanhado quando o cheiro deixa de ser algo só pra você e passa a se espalhar por todos os cômodos do ambiente.

Nesse caso, você deve dar uma descarga a cada nova “remessa” de merda. A intenção é que, aos poucos, vá esvaziando o intestino e evitando que o acúmulo dessa bola malcheirosa provoque o efeito “câmara de gás” no ambiente em que você se encontra.

É recomendado para utilizar no trabalho, casa de amigos e casa de parentes. A eficácia é garantida.

 

“Good air bomb”

técnicas para cagar bom ar

Em casos extremos, a melhor alternativa é a bomba de Bom Ar. Mas, fique atento, pois não é todo banheiro que possui esse genial aparato de disfarce de odores. Verifique assim que entrar no templo do Deus Merda se o local possui os quatro tipos de “Bom Ar”:

– Spray
– Acionador de parede
– Acionador com timer
– Acionador por pressão

Caso encontre um dos tipos acima, não hesite em despejar o almoço da semana na privada em questão.

Cabe aqui uma observação: se você quer ser discreto, essa técnica não é recomendada. Se você tem o mínimo de experiência com banheiros, sabe que o cheiro de Bom Ar é forte e não ficará restrito apenas às quatro paredes do lavabo.

 

Estou sem sono

técnicas para cagar sono

Essa é uma das técnicas para cagar que tenho utilizado com bastante frequência, visto que ando viajando um bocado com a namorada e a família dela.

Claro, fica o alerta de que essa técnica não se aplica em casos de diarreia extrema ou se você é daqueles que não consegue manter o esfíncter fechado. Ela exige bastante força de vontade e motivação.

Para executar a técnica do “Estou sem sono” com maestria, deixe o dia passar tranquilamente. Saia com a namorada (ou amigos) e os pais, visite todos os lugares, coma a vontade, converse, brinque, namore e assista filmes.

Ao final do dia, todos irão dormir, obviamente. Inclusive você.

O segredo é acordar no meio da madrugada, quando tiver certeza de que todos estão completamente entregues ao sono e, finalmente, reinar com toda a sua sagacidade no trono alheio.

O silêncio, a tranquilidade… Ótimos momentos para refletir sobre o dia enquanto realiza um daqueles partos anais. Recomendo fortemente.

Update

Palito de fósforo

técnicas para cagar palito de fósforo

O amigo @gutomezencio me lembrou de uma técnica que, imperdoavelmente, esqueci de compartilhar. Uma das técnicas para cagar mais comuns nesse grande universo defecatório, logrando êxito em praticamente 90% dos casos: o famoso palitinho de fósforo.

Se você não está familiarizado com essa manobra, ela consiste no seguinte: após realizar o árduo trabalho de escorregar o cheiroso, dependendo do nível de toxinas despejadas no ambiente, acenda um palito de fósforo e deixe-o queimar o máximo possível.

Convenhamos que o cheiro de fósforo queimado não é a melhor fragrância do mundo, mas comparada com a podridão desse defunto em forma de bosta, é uma alternativa bastante válida se você quiser disfarçar os odores ambientes.

Espero que as técnicas para cagar acima ajudem a você, caro leitor, a realizar essa difícil tarefa que é cagar em um ambiente inóspito e hostil, ou até mesmo em um ambiente familiar, mas que por algum motivo te impeça de reinar com toda a maestria.

No meu caso elas têm funcionado perfeitamente. Caso seja necessário, faça alguns ajustes e, quem sabe, contribua com algumas técnicas para cagar que você possui e possa compartilhar com os amigos.

Compartilhe com os migos!

32 Responses to " Técnicas para cagar e não ser notado "

  1. Marcus disse:

    Comédia o texto. Lembrando que após terminar o serviço, se fechar a tampa do vaso sanitário e dar a descarga, o mal cheiro vai junto : )

  2. Ederson Henrique Franco Rosa disse:

    Eu cago com a porta aberta na frente de quem for. E peido tmbm.
    E mando trazer um cafezinho e um cigarrônix

  3. Maysa disse:

    Agora ficou mais fácil… um spray que era usado somente por médicos que trabalham com procedimentos como colonoscopia passou a ser vendido nas farmácias. Chama FreeCo. Vende nas melhores farmácias, o frasco é pequeno, cabe na bolsa da mulher ou no bolso da calça jeans dos homens e, com uma espirrada na tampa do vaso sanitário você pode soltar o que quiser meu bem…. kkkk….

  4. Barbie disse:

    Isso é quase uma bíblia da cagada. Minha técnica é simples. Guardar ao máximo a bosta. Colocar desinfetante antes de cagar, sentar no vaso sem deixar frestas. Então, vc caga rapidamente, dá descarga sem levantar,, fecha o vaso imediatamente, e se limpa depois. Ajuda muito. Beijos de luz

  5. Lizandra disse:

    Como o lindo “ditado” : “cagar é uma arte profunda, a merda bate na água e água bate na bunda” Haha. Me fez rir muito! Ótimo blog, kkj. ?

  6. Eu achei realmente útil, me indentifico com o POST. Carregar um bom ar no wick na mochila é uma opção.
    Tu me rir pra caraca.

  7. Railda disse:

    Gente, li este artigo por curiosidade. Afinal, quem nunca passou… Nunca ri tanto lendo algo.kkkkkkkkkkkkkkk Rindo litros.

  8. Emilio disse:

    Muito boas as suas dicas…

  9. Jhon disse:

    Eu caguei tão forte uma vez que melou a morda do vaso toda

  10. Neto disse:

    Pessoal,
    Sei o quanto nos incomoda estar em um box apertado de banheiro público, de shopping ou do trabalho ou mesmo na casa de amigos ou parentes.
    No trabalho ou no shopping, o ideal é poder usar o banheiro do deficiente, que é grande e privativo.
    Quando isso não é possível, vai aí uma dica que tem funcionado.
    Cagar sem peidar é praticamente impossível.
    Pensando nisso, desenvolvi uma técnica que tem dado certo.
    Imagine você se encontrando com um colega no banheiro, ele vai para a pia escovar os dentes e você para o box.
    Cria-se um clima de tensão no ar.
    O cara já se prepara para ouvir barulhos e sentir cheiros desagradáveis e você tentará agredir os sentidos alheios o mínimo possível.
    Passei então, a usar um punhado de papel higiênico dobrado e com cuidado, apertar com firmeza sobre o furico antes de começar a “obra”.
    Fazendo assim, você cria uma espécie de válvula e vai liberando a pressão de forma que os gases saiam de forma controlada, sem barulhos indesejáveis.
    Quando estiver com o intestino mais solto, basta aumentar o volume de papel para não se contaminar com o “limo”.
    Espero que esta dica seja útil.
    Abraços a todos.

  11. marcelo antonio disse:

    boa tarde RAFA, quanto as dicas para ” ” ” eliminar ” ” ” o fedor ao defecar, aqui vai uma que também ajuda, mas não eh simples de levar no bolso. acender um incenso de aroma forte ou adocicado, mas é claro, nem todos nós andamos com mochila ou outro meio para levar conosco sempre uma caixa de incenso e fosforos, mas a idéia dos fósforos é ótima e mais pratica, … mas voltando ao incenso, como esta fumacinha também tem por hábito se espalhar por vários cômodos da casa, ´emais agradável ou discreto que o spray de bom ar, e ainda pode alegar que precisava de uns minutos para meditar sua ” religião “. kkkkkkkkk, abçs…

  12. Tatiane disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkk, gente, a melhor coisa a fazer é dar descarga assim que terminar. Isso, aliado a fezes mais consistentes, quase garante nenhum cheiro forte.Quando está com diarréia, não adianta, mas é bom dar descarga o mais rápido possível. E outra coisa que o rapaz falou foi do barulho, e eu concordo. Não é só o cheiro que te ” denuncia”.O barulho das fezes caindo na água, o barulho dos gazes, o cheiro, o tempo que você fica no banheiro, etc…As pessoas podem até saber o que você estava fazendo, o importante é não chamar atenção e não deixar vestígios. Para fezes normais, é assim que se faz: pegue uma luva, sabão em pó e cândida e vá para o banheiro.Mantenha a janela aberta, se possível. Se tiver gazes, afaste uma ou as duas nádegas com as mãos, que sairá silencioso. Não use o suporte da tampa do vaso e sente na beirada, mais para o lado, de modo que as fezes caiam do lado antes de cair na água. Essa tática, além de evitar o barulho, evita que a água bata na bunda e até na vagina, o que é muito nojento, por mais que o vaso esteja limpo. Assim que caiu na água, de descarga, antes mesmo de se limpar. Depois se limpe.Agora, coloque a luva e jogue sabão em pó e cândida no vaso.Pegue a escovinha e lave, tire a “risca” que ficou das fezes.Dê descarga e com a mesma, enxágüe a escovinha e guarde.Isso por si só vai cortar pela raiz o pouco cheiro que ficou, a cândida e o sabão matam tudo (ou seja, você não vai precisar disfarçar, vai exterminar o cheiro).Jogue as luvas no lixo e lave bem as mãos, umas 3 vezes.Saia e deixe a porta aberta. Agora, se estiver com diarréia, também têm tática. É mais difícil controlar o barulho dos gazes, então você deve usar o suporte do vaso e sentar nele todo, de modo que não deixe espaço, isso vai abafar o barulho. Eu só não consigo fazer isso em vaso muito sujo.Desta vez não vai precisar lavar, pois dificilmente vai grudar as fezes.Tive gastroenterite por mais de um mês e tinha dor de barriga até se eu me mexesse, e usei muito essa técnica.Pode usar que é a melhor.

  13. Roberta disse:

    Meu….isso é triste. MAIS QUANDO VEM LA DO FUNDO.Nem nos importamos com o barulho e odor….Não segurem, pois causa problemas . Abraços

  14. Eduardo da Silva disse:

    kkkk, Não é invenção, é caso verídico e aconteceu comigo. Sempre confiram a descarga. Cuidado com madrugada, não vou ao banheiro na casa dos outros, mas como fiquei 5 dias no 4 dia estava explodindo. Fui dar um cagão 05:30 da manhã na casa de parentes, fui sorrateiro na área externa na área de churrasco, antes que alguém, ou o churrasqueiro chegasse. Depois de descarregar um caminhão de merda que estava até comprimindo a vesícula, dei descarga Acontece que o vaso estava entupido, e tentando resolver problema pensando que era a pressão apertei mais uma vez. Transbordou de uma maneira que vazou merda para todo lado, inclusive na área de churrasco. Tentei arrumar tudo antes que alguém chegasse, mas não teve jeito, churrasqueiro chegou, não encontrei mangueira para lavar etc…….kkkkk…..foi foda.

  15. Vivi disse:

    chorei com os comentarioas….kkkkkkk…..massem essa de dizer que tiodo mundo caga e tals porque ate teve aquele aviao q tava indo pra Dubai e o sujeito cagou com tanta conviccao q o aviao teve q voltar….adorei as tecnicas e a do fosforo eu adaptei. Ponho fogo num rolo de papel higienico vazio. O problema eh q dia desses o meu namorado acordou e achou q a casa tava pegando fogo, tive q explicar a manobra e ele tirou um putz sarro, falou q a coisa devia ter sido feia para eu precisar quase incendiar o banheiro!

  16. Flether disse:

    Rapaziada isso e uma babakise. Porra e só VC assim q acabar de cagar dar descarga. A merda tem q cair na água e VC já ta dando descarga fica sem nenhum cheiro.

  17. carlos disse:

    exaustor ZARA já resolve este problema para você , veja no you tube como é simples
    eliminar os odores do vaso , sem constrangimento.

    CHEGA DE AMENIZAR O MAL CHEIRO DE SEU BANHEIRO” É HORA DE ELIMINA-LO

  18. Darkthrone disse:

    Essa da descarga ja sabia,minha namorada me passou e do fosforo meu irmao me passou.a do fosforo é a melhor,o cheiro ruim vai embora mesmo.rsrsrsrsdrs.

  19. MAria Cristina disse:

    Gente pense que todo mundo caga e mija e banheiro é pra isso que serve.
    Boa cagada pra todos. Que bobagem…..

  20. rafabarbosa disse:

    Leo, eu não poderia achar esse comentário mais poético HAHAHAHAHAH!

    Valeu pela visita!

  21. Leo disse:

    Galera, todo mundo caga… É só cagar e pronto. Sem dicas, sem peripécias e sem vergonha. Afinal, cú que não peida, não caga e não soa (peço licença poética), não é cú, é um buraco à toa.

  22. Anderson disse:

    Muito bom Rafa adorei as dicas, eu não sou muito querido aqui em casa rs toda vez que vou ao banheiro e termino o serviço que abro a porta coloco todos para correr rs.

  23. Anderson disse:

    Muito bom rafa adorei as dicas, eu coloco todo mundo pra correr de casa quando abro a posta do banheiro rs.

  24. Cara se vc fosse mulher ou travesti sou trvavesti. Poderia usar uma calça jeans bem apertada mas apertada mesmo. As calças que eu uso são tão apertadas que chegam a ser meio encomoda as vezes pq é tão apertadas as minhas calças que n tem nem como soltar um peido que n sai. Pareçe as vezes que vai sair um missil dai vo no banheiro e é só uma bomba de fumaça. É um jeito de controlar pq n tem como sair nada de jeito nenhum.

  25. Guto disse:

    Levem sempre um isqueiro pequeno dentro do bolso(indicado para ambientes familiares). Aí quando você deixar de reinar pode acender e esperar a chama consumir todo o gás mal cheiroso do ambiente. O mais indicado é ir em banheiros públicos.

  26. Adriano Dronsbrunski disse:

    Pois é a melhor técnica, quando se tem no ânus apenas a vontade de despejar tudo é correr para o vaso e nos primeiros 05 segundos de defecação, dar a descarga imediatamente. Se você quiser cagar mais, continue dando várias descargas (NÃO É UMA TÉCNICA SUSTENTÁVEL), pois assim, a catinga não acumula. O máximo que vai acontecer é um pequeno cheirinho desagradável, mas nada a ponto de precisar chamar o Corpo de Bombeiros para controlar a intoxicação. Jamais cague e dê uma única descarga após vários minutos, pois assim, quando você sair do banheiro, vão pensar que você estava participando de alguma exumação.

  27. Pedro disse:

    Essa técnica pouco resolve, porque junto com as fezes vem grande quantidade de gazes que saem com grande estrondo, isso irá te denunciar, se houver mais gente no banheiro. A tua reclamação não surtirá o efeito desejado.

  28. Pedro disse:

    Quando se está viajando de ônibus, o melhor a fazer é peidar, peide bastante, é um alívio, e não se mexa para os gazes não se movimentarem e escapar, para isso é melhor estar vestido com uma calça jeans bem grossa, pois o peido ficará preso e o odor irá dissipar dentro da roupa. Essa técnica só não é válida em caso de diarréia e dá pra se desconfiar dela, pois o sinal é o ruído intestinal e uma pequena cólica; nesse caso, a única solução é encarar o fedido sanitário do busão e rezar para o mesmo estar desocupado.

  29. moraes disse:

    pois eu tenho uma boa tambem e a tecnica de jogar bom ar dentro do vaso y rapidamente baixar o butao fechar as pernas y tampar todo as saidas de ar do vaso sanitario cagar tranquilamente levantar os ovos para cima rapidamente com uma mao fechar as pernas y dar descarga devagarzinho devagarzinho logo esperar q enche de agua otra vez a caixinha y felizmente dar uma boa descarga fechando rapidamente a tampa

  30. Iuri Freire disse:

    Tenho a técnica que vamos chamar: A hora do desespero!
    Essa técnica exige auto-domínio e força de vontade, mas a eficácia é garantida, e serve quando você tá num ambiente totalmente desconhecido, ou até na escola/faculdade/trampo.
    Quando vc sentir o Senhor Bostão bater à porta da esperança, trave a merda, várias vezes, até você começar suar frio e ter dor de cabeça, quanto mais vc aguentar, melhor. Esse movimento, meio dolorido, é necessário, pq a merda vai vir em uma “dose única”, como um jato, e com toda a pressão acumulada. O tempo que você vai usar pra cagar é de uma mijada. É só ir no banheiro, e no meio do jato de merda, puxe a descarga pra enganar o fedor. Se limpe de pé, caso o banheiro for público.
    A garantia é certa, e você ainda pode reclamar do fedor com a galera, pq todo mundo não vai acreditar que você fez tudo em 60 segundos.
    Amém.

  31. luca disse:

    hahahaha chorei… no trampo eu costumo ir num andar diferente, onde a maioria não me conhece. É certeiro.

Conta ai pra mim o que você achou!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. […] me acompanha pelo blog há anos, sabe que eu sou uma pessoa com o intestino bem regulado. Existe farta literatura sobre esse assunto escondida por aqui (talvez você encontre alguns easter eggs nesse post). Pensei […]

× Fechar