Airbnb e os imóveis platônicos

Como o Airbnb criou o conceito de imóvel platônico.

airbnb-imovel-platonico

Por Diário

Compartilhe com os migos!

Quando eu não tenho nada para fazer, gosto de acessar o Airbnb para navegar por casas que eu nunca terei condições de morar um dia.

É o famoso conceito de “imóvel platônico”. Aquele que você namora através de um aplicativo sabendo que nunca terá uma chance.

Eu sou realista.

A não ser que eu ganhe sozinho na Mega Sena da Virada, jamais terei uma casa de R$ 5 milhões.

Esse é o princípio básico com o qual eu levo a minha vida: trabalhar com a expectativa no nível mais baixo possível para não me frustrar.

Tem dado certo há 32 anos. Existe algo de concreto nessa filosofia.

Voltando à questão das casas do AirBNB, é incrível a capacidade do ser humano de criar casas tão bonitas.

Parabéns aos arquitetos e arquitetas brasileiras. Vocês tem feito um trabalho excepcional.

O Airbnb proporciona algo muito legal para pessoas como eu.

Posso ter a experiência de saber como é morar nela por um dia, graças a essa ideia maravilhosa de pessoas poderem alugar suas casas como se fossem hotéis.

Separo as casas que visito no Airbnb em algumas categorias muito específicas:

  • a) Casas de Novela da Globo.
  • b) Casas que poderiam estar em New Port Beach – The O.C.
  • c) Casas que jogam na minha cara que nem com um equipamento completo de escalada eu conseguiria chegar ao topo da pirâmide social brasileira.

Eu consigo bancar uma ou duas diárias em casas das categorias a e b. Se juntar com uma ou mais pessoas, dá até para ostentar um pouco mais. Talvez uma semana?

Casas de Novela da Globo são aquelas que ficam em um bairro de classe média alta de qualquer capital brasileira. Tem um visual bacana, alguns atrativos como piscina e churrasqueira e estão a um bom FGTS e financiamento de 50 anos de distância de alguém como eu.

Já as Casas que poderiam estar em New Port Beach – The O.C são aquelas que se você ignorar o terreno baldio ao lado e o motoqueiro que vigia a rua todas as noites armado apenas com a buzina da sua CG Titan, poderiam facilmente estar em um episódio da série The O.C.

Ou seja, são casas que nem parecem estar no Brasil de tão bonitas e descoladas.

As casas da categoria c são aquelas que os donos das casas das categorias a e b alugam durante as férias.

Casas que jogam na minha cara que nem com um equipamento completo de escalada eu conseguiria chegar ao topo da pirâmide social brasileira são aquelas que normalmente estão em um condomínio fechado com seguranças fortemente armados em bairros afastados da pobreza e da classe média.

Em 2017 eu viajei para Paraty e, nos preparativos, busquei vários imóveis por lá. Notei que existe um nicho de pessoas com casas em ilhas. Isso mesmo: casas em ilhas.

A pessoa não contente em ter uma casa que custa mais que o faturamento anual de uma startup de tecnologia, foi lá e comprou uma ilha também. Por que não? Estava disponível e tinha dinheiro. Nada mais justo.

Só a diária em uma casa dessas custa mais que um ano do meu salário.

Nada mais triste do que saber que você não consegue nem bancar UM DIA em uma dessas casas.

É como se mostrassem para você que aquela casa está em um patamar tão acima da sua vidinha medíocre que nem o seu ano de trabalho é o suficiente para pagar os custos de limpeza.

Se Deus inventou algo melhor que o capitalismo, guardou só para ele.

Felizmente o Airbnb me deixa sonhar.

Ainda não me cobra nada para olhar todas essas casas. Eventualmente até alguns apartamentos.

No caso dos apartamentos eu gosto de olhar a decoração.

Precisamos admitir que proprietários de apartamentos fazem um trabalho muito melhor em termos de decoração.

Mais uma vez, meus parabéns aos arquitetos e designers de interiores pelo excelente trabalho realizado.

Outro dia vi um apartamento no edifício J.K aqui em Belo Horizonte que, só com a decoração, fez ele parecer duas vezes maior e três vezes mais caro que o meu apartamento.

Só que ele tem metade do tamanho do meu quarto, que já é pequeno.

Se Deus inventou algo melhor que a publicidade, guardou só para ele.

O Airbnb realmente democratizou o aluguel de imóveis e a hospedagem nas cidades.

Também facilitou para que eu pudesse namorar esses imóveis sabendo que jamais teríamos um relacionamento sério.

Compartilhe com os migos!

Nenhum comentário ainda.

Conta ai pra mim o que você achou!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Fechar