Preciso falar sobre um assunto muito delicado e importante no atual cenário mundial. Qual é a posição correta do papel higiênico? Com a ponta caindo por cima ou vindo por baixo?

Passo pelo menos 15 minutos (às vezes mais, às vezes menos) do meu dia realizando o nobre ato de completar o ciclo digestório. Quando nessa situação, gosto de me sentir confortável e saber tudo está em seu devido lugar.

Quanto mais confortável e mais familiarizado com ambiente, melhor o meu intestino funciona. Logo, posso dizer que a minha saúde depende da posição exata e correta do papel higiênico.

O papel higiênico não é como o durex. Quando se trata dessa famigerada fita adesiva, já travei épicas batalhas e enfrentei labirintos assustadores em busca da ponta perdida. Mas o trabalho de localizá-la fica muito mais fácil quando sabemos que a ponta está no sentido “cascata”.

Voltando ao papel higiênico, dificilmente estaremos correndo o risco de perder a ponta. Mas é extremamente importante sabermos onde ela se encontra. Além disso, o manuseio fica muito mais fácil e podemos fazer o corte no lugar certo. E vale lembrar que o corte correto do papel higiênico é essencial para uma boa limpeza.

Como você já deve ter percebido, sou uma pessoa sensata que defende que o papel higiênico deve estar sempre posicionado da seguinte forma:

papel higiênico

esteticamente perfeito

Fico incomodado quando faço uma imersão nesse momento tão íntimo e me deparo com o papel higiênico posicionado da forma incorreta. É uma sensação tão frustrante quanto um coito interrompido.

Imagino que algumas pessoas sentem-se mais confortáveis com a ponta saindo por baixo, escondida e dificultando o destaque do papel. Mas o que seria da vida sem as adversidades, não é mesmo? Há quem prefira enfrentar desafios constantemente.

Eu, pelo contrário, gosto de tranquilidade quando estou no reino mágico do banheiro.

Sei que essa é uma discussão tão fundamental quanto a famosa “bolacha x biscoito” e trago o debato à luz sabendo que corro o risco de acender o pavio de uma banana dinamite, mas assumo a responsabilidade.

Afinal, existem os defensores da forma errada (ponta do papel higiênico saindo por baixo e quem diz bolacha) e existem aqueles que defendem a forma correta e os bons costumes, como a ponta do papel saindo por cima e o termo biscoito.

O que importa, no final das contas, é você ser feliz e sentir-se confortável na hora do cocozinho.

Se você é daqueles que prefere o papel higiênico de folha simples… aí, meu amigo, temos um problema. Mas discutiremos em uma outra oportunidade.

Agora preciso me limpar.

Já tentei ser jogador de futebol, físico nuclear, cientista da computação e famoso. Terminei formado em publicidade e escrevendo em um blog sobre a minha vida. Isso, meus amigos, é o que eu chamo de sucesso.

Conta ai pra mim o que você achou!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE