Rafael – o sem graça

Por Arquivo

Compartilhe com os migos!

Ando muito sem graça ultimamente. Não consigo escrever nada que me faça pensar “nossa, isso vai ser engraçado, vou postar no blog”. Nada. E, por incrível que pareça, nada engraçado tem acontecido no meu dia a dia. De uns meses pra cá.

Depois de muito refletir, acho que cheguei a uma conclusão aterradora: eu perdi a graça porque estou emagrecendo.

Veja bem: há uns 3 meses resolvi adotar um modo mais saudável de vida. Comecei a fazer jiu-jitsu, iniciei uma dieta (estilo Auschwitz) e cortei várias porcarias que faziam mal. O resultado é que nesse meio tempo perdi 12 kg. Uma graça alcançada, diriam os mais empolgados.

Mocotó engraçado e Mocotó sem graça

Só que, infelizmente, junto desses quilos perdidos, litros de suor derramados no tatame e o ciclo completo de digestão de frutas e legumes, acabei perdendo também a graça. Deixei de ser aquele gordinho simpático e estou me tornando só o “Rafael, aquele cheinho”.

Bom, pelo menos to magro, né? Bom, quase magro.

Compartilhe com os migos!

One Response to " Rafael – o sem graça "

Conta ai pra mim o que você achou!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. […] André Marques carregou muito bem o legado de Miguel Falabella na primeira grande mudança do programa. […]

× Fechar