Mid90s – Você precisa assistir agora

Mid90s abre com chave de ouro a era dos filmes sobre os anos 90. O campeão a ser batido.

mid90s-resenha-rafabarbosa

Por Assistindo

Compartilhe com os migos!

Mid90s não é o primeiro filme que assisto em 2019, mas é o primeiro que merece um post aqui no blog!

Acredito que, como a maior parte da população mundial, conheci o ator Jonah Hill assistindo ao filme Superbad.

Desde então venho acompanhando a carreira incrível que ele construiu no cinema.

De ator de comédia adolescente a várias indicações ao Oscar, ele agora ele se mostra também um excelente roteirista e diretor ao nos apresentar o filme definitivo sobre os anos 90: Mid90s.

Acompanhamos a história do pequeno Stevie, um garoto de 13 anos que vive um relacionamento abusivo com o irmão mais velho enquanto enfrenta essa fase confusa que é adolescência em pleno anos 90. As coisas começam a mudar quando ele conhece um novo grupo de amigos e descobre o skate.

O filme me tocou de uma maneira pessoal por me lembrar da minha infância e início da adolescência.

Não que eu sofresse algum tipo de abuso familiar, muito menos bullying.

Mas eu era uma criança e depois um adolescente extremamente tímido, com muita dificuldade de fazer novas amizades.

Descobri o skate e tive a chance de conhecer novas pessoas, em meio aquela febre que tomou conta da molecada com o lançamento de Tony Hawk Pro Skater no final dos anos 90.

Todas as referências aos anos 90 estão lá: os conjuntos de cama das Tartarugas Ninja, Super Nintendo, o estilo “Rapper Branco de Nova York”, as camisas da Volcom e até o famigerado skate “tubarão”.

A parte visual deixa tudo ainda mais incrível, pois o filme é exibido em um formato de tela bastante utilizado pela MTV na época.

A impressão que se tem é de ser um filme realmente gravado nos anos 90.

Mas, ao contrário do que esse texto está transparecendo, o filme não é bom apenas por resgatar essa nostalgia noventista.

A parte dramática te cativa por abordar temas que todos nós que crescemos naquela época passamos de alguma maneira.

Talvez a última geração de crianças que cresceram sem a internet e as facilidades que ela trouxe, seja para fazer amigos ou descobrir novos gostos.

No caso de Stevie tem os abusos cometidos pelo irmão, mas também a descoberta das primeiras amizades, a sensação de conhecer pessoas com problemas tão ou mais fodidos que os seus e, justamente por isso, se identificarem tanto uns com os outros.

O que deixa Mid90s ainda mais real é o fato de nenhum integrante do elenco ser ator profissional. São todos skatistas, inclusive Stevie, interpretado por Sunny Suljic.

Esse é o primeiro filme que assisto que resgata os anos 90 e já considero como o filme definitivo.

Apesar de não abordar os mesmos temas, em vários momentos a estética lembra muito os filmes do Larry Clark, principalmente Kids.

Parece que chegou ao fim o revival da década de 80, dando lugar ao resgate da famigerada década de 90, época do Super Nintendo, Tartarugas Ninjas, Um Maluco no Pedaço e a popularização do street skate.

Mid90s é um filmaço. Dá seu jeito de assistir agora!

Compartilhe com os migos!

Nenhum comentário ainda.

Conta ai pra mim o que você achou!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Fechar