Van Damme is back, bitch!

Van Damme is back, bitch!

Sem dúvida alguma esse é o filme definitivo da carreia de Jean Claude Van Damme. Não é Soldado Universal, nem o Alvo e muito menos A Colônia. Estou falando de JCVD. Uma auto-biografia misturada com elementos de ficcção em que Van Damme interpreta a si mesmo, no que eu posso dizer, o melhor momento de sua carreira como ator e não como brutamontes.

Essa ainda não é uma resenha do filme, farei isso mais tarde. Esse post é apenas para expressar o quanto eu fico feliz ao ver os meus ídolos do cinema retornando em boa forma. Foi assim com Sylvester Stallone em Rocky Balboa e Rambo IV, Bruce Willis em Duro de Matar 4.0 e agora com Jean Claude Van Damme em  JCVD.

Não espere aquele Van Damme quebrando tudo e batendo em todos. O cara no filme interpreta. Mesmo sendo a si mesmo, o filme é de uma sinceridade tremenda e o próprio Van Damme brinca com a recente fase de sua carreira, recheada de filmes ruins e de baixo orçamento. Mas o cara conseguiu. E merece meu respeito.

Parabéns Van Damme.

Navegue pelos posts

Presente de natal.
Suicidio…

2 Comentários

  1. […] eu falei nesse post anteriormente, com esse filme Jean Claude Van Damme se redime de todos os seus últimos pecados […]

  2. A única coisa que eu não gosto no fandangos, ops, Van Damme é que os filmes dele são só de porradaria.
    Se ele fizesse filmes com mais conteúdo e menos porrada acho que ele seria um melhor ator. Bração Rafael

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios estão marcados *