Uma comédia de terror

16/07/2008 at 00:04

Eu não tenho medo de filmes de terror há um bom tempo. Pode ser pelo fato de todos atualmente terem a mesma temática e roteiro. Estrangeiro no Japão descobre espírito vingativo. Ou quando não é isso, é algum espirito vingativo em outra parte do mundo.

Estava em casa com a namorada hoje e zapeando pelos canais parei no Telecine Premium. Tava passando Pulse, um terrorzinho com a Kristen Bell e o Ian Somerhalder. Respectivamente Elle de Heroes e o Boone de Lost.

Peguei o filme na metade, mas eu já sabia o que iria acontecer e o que já havia acontecido. O filme fala sobre um vírus de computador que se espalha e faz com que todas as pessoas se suicidem. Na verdade era a porcaria de vários fantasmas vingativos que conseguiram chegar ao nosso mundo através de uma frequência desconhecida.

Eles podiam matar qualquer pessoa que estivesse perto de um celular, computador ou rádio.

Mas o que me fez escrever esse post, foi uma das cenas de “terror” mais engraçadas que já vi na minha vida.

A certa altura do filme, uma moreninha vai em uma daquelas lavanderias públicas. Era a do prédio dela se não me engano. De repente as roupas começam a sair sozinhas da máquina de lavar, as luzes piscam e… Sai a porra de um cara todo torto e deformado da máquina de lavar.

Sério, era pra ser um filme de terror? Um cara torto e careca gritando como louco saindo de uma máquina de lavar?

Sinceramente. Sinto saudade de filmes como O Exorcista.