Sobre as pseudo-encalhadas

Posted by in Arquivo, Pensamentos

Hoje a tarde estava divagando pelo Twitter acerca de garotas que reclamam o tempo todo querendo um namorado. Geralmente garotas bonitas e bem interessantes, diga-se de passagem. O problema é que, ao mesmo tempo em que elas reclamam, estão rodeadas de caras legais (tá, nem tantos caras legais assim) que implorariam por uma chance (se não tivessem consciência do quanto isso seria ridículo e patético). Mas, mesmo assim, ainda reclamam da “falta de opção”. Ou seja, é uma busca quase infinita pelo amor.

A questão é que os caras disponíveis nunca se encaixam nos “padrões de qualidade” exigidos por essas garotas. É gordo demais, é magro demais, não tem carro, mora do outro lado da cidade, não tem o mesmo gosto musical. Isso quando elas não bradam aos quatro cantos o quanto gostariam de ter um namorado nerd. Nesse caso, serei obrigado a contar uma coisa, minhas amigas: o nerd de verdade não tem nada a ver com o estilo nerd que você aprendeu a gostar na Capricho ou nas matérias da Época. É claro que ele também não é igual aos filmes, mas, em sua maioria (grande maioria mesmo) eles não são lá muito bonitos. E geralmente não estão em forma.

Nerd que as garotas desejam

De forma resumida: elas não querem o estereótipo de cara que fica na internet o dia inteiro arrozando. Elas querem caras bonitos, bem sucedidos e que ofereçam conforto financeiro e sexual, obviamente.

Isso me levou a questionar tal atitude, chegando a duas conclusões: ou essas garotas não tem a menor noção de como as coisas funcionam no mundo real ou o problema é simplesmente carência e a necessidade quase patológica de ser paparicada e, por que não, arrozada diariamente nas redes sociais.

Nerd típico que vai a Comic-Con

Em meio a esses devaneios, o amigo @JhonyPG acabou concordando comigo. Existem garotas que gostam de ser elogiadas a todo o momento e não há lugar melhor para isso do que o Twitter ou Facebook. Um lugar com uma oferta inesgotável de rapazes com baixa autoestima buscando uma chance de descolar qualquer coisa que seja com qualquer ser vivo do sexo feminino.

O momento em que essas garotas se derem conta que metade dos elogios que recebem em redes sociais tem como único objetivo o coito (pode até ser que elas estejam em busca disso mesmo), e passarem a olhar com mais atenção a quem realmente está ao seu redor, provavelmente teremos menos reclamações de pseudo-encalhadas nas redes sociais.

Twitteiras durante a tarde e parte da madrugada

Compartilhe!