Onde tudo começou

Posted by in Cultura Pop

Hoje em dia ter um blog, podcasts e videocasts, é obrigatório para quem deseja produzir conteúdos multimídia e ter alguma relevância na internet. As tecnologias estão aí. É fácil ligar a sua webcam ou sua câmera digital e despejar asneiras pra quem quiser ouvir. Alguns conseguem fazer algo engraçado, outros não.

Mas isso não é novo. Apenas migrou pra internet. Quem deu início à essa moda de produzir conteúdo e divulgar foram os fodões Wayne Campbel e Garth Algar. Não sabe quem são? Provavelmente você é muito novinho ou então sofre de uma total falta de cultura cinematográfica.

Wayne e Garth são os criadores do que se pode considerar o primeiro videocast da história, o Wayne’s World. Um programa onde dois nerds rockeiros comentavam sobre música, filmes e faziam piadas. O mesmo esquema que acontece hoje em dia. Mas com um diferencial: Ao invés de transmitir pela internet, os caras transmitiam pela televisão!

Vai dizer que esse não é o sonho de quem faz videozinho na internet? Claro que é! Ser a nova sensação da TV e conseguir alcançar o tão almejado hall das celebridades.

Se os caras lançassem esse programa hoje em dia, com direito a um blog, MySpace, comunidade no Orkut e twitter, teria tudo pra ser a nova coqueluche da comunidade nerd internauta mundial.

Bom, o único porém é que essa dupla, os pais da transmissão caseira, existiram apenas nos cinemas, fitas VHS, DVD’s, Sessão da Tarde e em torrents da internet. Pra quem não conhece, os dois são personagens dos filmes Quanto Mais Idiota Melhor e Quanto Mais Idiota Melhor II.

Wayne é interpretado por Mike Myers e seu parceiro Garth, por Dana Carvey. O filme tem de tudo um pouco. Aventura, comédia, ação, música, mulheres gatas (Tia Carrere hahahahahaha), rock n’ roll e algumas sequencias nerds de encher os olhos, como quando Garth invade um satélite e direciona o sinal do programa para a limosine do dono de uma grande gravadora. A intenção era transmitir um show particular da banda comandada por Cassandra (Tia Carrere), namorada de Wayne.

Um filme que previu como seria o futuro do Do It Yourself através da internet, antecipando tendências que só foram se popularizar alguns anos depois do seu lançamento, e como os grandes conglomerados de mídia acabam se interessando por incorporar pequenos programas à sua grade. Ou ás vezes, somente adquirir os direitos e não trasmitir, evitando assim a concorrência.

Se nunca assistiu, não perca tempo. É uma comédia despretenciosa, que critica  de leve as grandes redes de televisão e a cultura do merchandising em filmes e programas, mas que diverte e nos trás um Mike Myers diferente do personagem que o popularizou no cinema, Austin Powers.

Veja o Trailer:

httpv://www.youtube.com/watch?v=OTMNTchIUAg

Compartilhe!