Arquivo

Instagram para Android – como irritar os babacas

instagram para android

Instagram para Android

Depois de muita espera os usuários de Android agora também podem se divertir nessa deliciosa festa de imagens que é o Instagram. Se você não sabe o que é o Instagram, eu te explico: é um aplicativo/rede social mobile (até hoje estava disponível apenas para iOS – sistema operacional do Ipod, Iphone e Ipad) voltada para fotografia, que permite aos usuários publicarem suas imagens aplicando filtros e dando uma cara um pouco mais profissional pra essas fotos.

O aplicativo foi adotado em massa pelos usuários de Iphone, e ficou conhecido por ter a maior concentração e exibição de hipsters por pixel quadrado na internet. Eu, obviamente, estou incluído nessa parcela.

Hoje, com o lançamento do aplicativo para Android, estamos presenciando uma situação que há muito não se via na internet: pessoas dando xilique. Ok, vemos isso na internet todo dia, principalmente no Twitter e no Facebook.

O mais bizarro disso tudo, é ver  ~profissionais da social media~ comentando o quanto a ferramenta será orkutizada a partir de agora. Amigo, sinceramente, não me faça relembrá-lo com o que você trabalha. Afinal, quanto mais pessoas gerando conteúdo (e sim, o Instagram é uma das poucas ferramentas que se pode dizer que o que é publicado é verdadeiramente produzido pelo usuário), mais possibilidades de novos negócios, novas campanhas e, quem sabe, um aumento salarial se você mostrar que manja da coisa e propuser boas ações.

É claro que em um momento ou outro, teremos aquele tipo de imagem “se você gostou clique em curtir”. Mas, aí é que está a beleza da coisa: no Instagram você não acompanha o que os outros usuários estão “curtindo”, ou quem começaram a seguir. Você simplesmente vê um streaming com as fotos das pessoas que você segue. Mais simples que isso, impossível.

Portanto, pare de ser um babaca que fica irritadinho porque a sua rede social underground favorita está se tornando popular e passe a pensar de forma mais ampla. É uma chance de seguir mais pessoas legais e que publicam fotos melhores que as suas.

6 Comentários

  1. Mário Martins

    Agora é que o “nível” “sobe”. Os usuários Android, os hard users, entendem muito mais de conceito underground e de fazer coisas mais descoladas do que usuário iOS que investem R$ 2.000,00 em dispositivos com forte trabalho de branding, mas nem sempre sabem ao menos utilizar os recursos do gadget. Go go Android!

  2. Clayton Slayer

    O pior é nego achando que algo que se faz com telefones de 2 mil Reais é underground. Pq eles simplesmente não utilizam a palavra “elitizada”? Medinho de ser tachados de preconceituosos?

  3. Olá, Anonymous, gostaria de saber o porque de “conteúdo” e “instagram” não se cheiram…

  4. Anonymous

    “O mais bizarro disso tudo, é ver ~profissionais da social media~ comentando o quanto a ferramenta será orkutizada a partir de agora. Amigo, sinceramente, não me faça relembrá-lo com o que você trabalha. Afinal, quanto mais pessoas gerando conteúdo (e sim, o Instagram é uma das poucas ferramentas que se pode dizer que o que é publicado é verdadeiramente produzido pelo usuário), mais possibilidades de novos negócios, novas campanhas e, quem sabe, um aumento salarial se você mostrar que manja da coisa e propuser boas ações.”

    Tava indo muito bem, até usar uma palavra tabu.

    “Conteúdo” e “Instagram” não se cheiram.

  5. Olá, amg! Não é monetizar. Acho que não deveriam nem pensar em propor uma plataforma pra ganhar dinheiro em cima do Instagram. Mas, se você trabalha com mídias sociais, é uma rede social excelente para trabalhar com produção de conteúdo e engajamento. Como um exemplo, teve o Instamission da Coca-Cola: http://estudiomovel.cocacola.com.br/instamission/regulamento.html

    E já tem várias outras formas de trabalhar =)

  6. Amg, como exatamente se gera dinheiro no Instagram? Até hj não vi nenhuma monetização na plataforma…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios estão marcados *