Epic Win… Fail. – Parte 2

28/05/2009 at 17:29
Hhehe.

Hhehe.

Quem é rei nunca perde a majestade. Quem é otário, continua sendo otário. Assim eu definiria a minha pacata vida virtual enquanto internauta e usuário de programas piratas.

O motivo do adjetivo “otário” é porque eu realmente não aprendo a lição. Vocês acompanharam a minha saga recentemente enquanto tentava baixar um jogo enorme por dias a fio. O final da história é que o arquivo simplesmente não roda no computador.

Eis que dia desses tive que levar o notebook para o trabalho. Chegando lá, conectei o Wi-fi e comecei a desfrutar da maravilhosa conexão de alguns bons megas.

A conexão no trampo é tão foda, mas tão foda, que todo mundo baixa música e ela continua lá, firme, forte e veloz como sempre. Claro que o meu instinto de filho da puta falou mais alto e resolvi baixar algo mais pesado, digamos assim.

Então fui lá e caprichei. Comecei a baixar um torrent de 3gb. A maravilha da coisa é que, enquanto  em casa eu baixaria esse arquivo em uns 5 dias, lá eu baixei em questão de duas horas.

Mas como é de conhecimento de todos, Deus é um cara sacana. Ele ri de das  nossas desgraças sentado confortavelmente em sua cadeira de mogno e sucupira adornada com anjinhos de ouro maciço.

Com o sorrisinho no canto da boca que é peculiar neste ser superior, ele escreveu mais uma página no roteiro da minha vida. Uma cena que se desenrolou da seguinte forma, no melhor estilo Ben Stiller de fazer comédia:

- Opa. Terminou o download. Vou instalar o jogo aqui.

- Instalando.

- 50%.

- 80%.

- 99%.

- NÃO É POSSÍVEL CONCLUIR A INSTALAÇÃO. O SEGUINTE ARQUIVO “RAFAEL SE FODE DE NOVO.EXE” ESTÁ CORROMPIDO.

FUUUUUUU

FUUUUUUU


Alguém lá em cima não gosta de mim. Aliás, alguém lá em cima não gosta que eu baixe pirataria.